Notícias da Pecuária
Notícias sobre agronegócios, agricultura, pecuária e meio ambiente - 18 de Setembro de 2019
20/10/2014 - 16:06

Novilho Precoce realiza curso com colaboradores de fazendas em MS

Capacitações são realizadas em propriedades inscritas no Programa de Boas Práticas Agropecuárias, da Embrapa.
Divulgação/Embrapa Gado de Corte
Ampliar
Desde agosto deste ano, a Associação Sul-mato-grossense dos Produtores de Novilho Precoce, parceira da Embrapa no Programa Boas Práticas Agropecuárias (BPA) – Bovino de Corte, promove cursos de capacitação para funcionários das fazendas que participam do BPA em Mato Grosso do Sul.

 O cronograma dos cursos inclui 44 fazendas e envolve 286 colaboradores em treinamento incluindo proprietários, capatazes, peões, tratoristas e esposas de funcionários.

“O objetivo dos cursos é levar informações básicas e importantes sobre os temas relacionados ao dia a dia da pessoa do campo, para melhorar as condições de vida com segurança, eficiência e bem-estar social, como também melhorar a qualidade do produto final e a rentabilidade desses sistemas de produção”, explica o médico veterinário e diretor-executivo da Novilho Precoce MS, Klauss Macharetti de Souza, que acompanha a implantação do BPA nas fazendas desde 2012.

Segundo o gestor do BPA, o pesquisador da Embrapa Gado de Corte Ezequiel do Valle, através do Programa é possível obter uma visão do sistema de produção por completo e dos pontos que mais precisam de melhorias. Ele acrescenta que a gestão da propriedade rural é um dos itens com necessidade de avanços, além de algumas adequações na parte de produção, visando ao aumento da produtividade e da qualidade do produto final. “A finalidade dos cursos é justamente poder alcançar esses objetivos e o Senar Mato Grosso do Sul também é um grande parceiro da Novilho Precoce MS e da Embrapa para a realização dos mesmos”, destaca.

“Em todas as propriedades com treinamentos em andamento, percebe-se que o nível cultural das pessoas e a qualidade do trabalho desempenhado aumentou consideravelmente, facilitando assim o desempenho produtivo das atividades desenvolvidas pelos colaboradores”, afirma Klauss.

Os temas abordados nos cursos são: primeiros socorros; combate a princípios de incêndio; gestão ambiental com foco em coleta de lixo, descarte de resíduos e conscientização ambiental, nr31 item 8 orientando basicamente sobre uso e controle e armazenamento de agrotóxicos, utilização de EPI, fichas de controle; curso de manejo racional e bem-estar animal, curso de aplicação de medicamento, higienização e aplicação correta do produto.

Visita

Em setembro, produtores rurais e representantes da Organização Não-Governamental Instituto Centro de Vida (ICV), de Alta Floresta (MT), visitaram a Novilho Precoce MS buscando, entre outros assuntos, informações sobre o BPA. Segundo o coordenador de Pecuária Integrada do ICV, Vando Telles de Oliveira, a organização avalia indicadores para o trabalho da sustentabilidade no uso da terra.

“Em MT, uma das principais atividades é a pecuária, com rebanho de 29 milhões de cabeça e ocupação de 66% do território aberto. Então o ICV vem buscando mostrar as melhores práticas pecuárias, dentro do bioma amazônico, com o menor impacto possível”, diz.

Ele conta que a ONG usa o BPA desde 2011 para mostrar ao produtor como melhorar a produtividade com equilíbrio ambiental, econômico e social. “Inicialmente, começamos um projeto piloto em Cotriguaçu, em 2012, e conseguimos o reconhecimento com o Selo Bronze da Embrapa no BPA, sendo a primeira fazenda reconhecida em Mato Grosso”, lembra. 
Informações Assessoria de Imprensa Embrapa Gado de Corte
Gostou? Compartilhe!
COMENTE ESTA NOTÍCIA
CURTIU O NOTÍCIAS DA PECUÁRIA?
MAIS NOTÍCIAS
Publicidade
Publicidade
ACOMPANHE NO FACEBOOK
Notícias da Pecuária - Todos os direitos reservados 2019.